Fatos, Galeria, Molly

Molly on the field

1 julho, 2015 • By

Depois de um primeiro dia com filas, calor e bronca de um inglês chato, hoje fui recompensado.

Quando todos foram embora trabalhar fui passear com a Molly.

Primeiro passamos por um bosque que tem aqui do lado.

O atravessando, chegamos em um parque com quadras de basquete, de tênis, brinquedos para criança e um gramado gigante.

Prato cheio para a maior pegadora de frisbee das redondezas. (Ainda não vi ninguém brincando de frisbee para afirmar isto).

Volto com a danada e pego um ônibus para a cidade de Reading.

Uma das vantagens de ser correntista de uma conta do HSBC Premier é que você tem a opção de poder abrir uma conta bancária em qualquer lugar do mundo. Abri uma na cidade de Reading e por isto tive que ir até lá para pegar meu cartão de débito.

Quem me atendeu, curiosamente era uma gerente chamada Cláudia. Perguntei se ela era brasileira.

Quase.

Cláudia é portuguesa. Toda nossa conversa foi em nossa língua natal.

Meu cartão estava lá! (Yes! ), porem a senha para poder usá-lo não. (Bloody hell!)

Agora terei que esperar 5 dias úteis para retornar a agência para pegar esta senha. Mas tudo bem. Pois acabei de travar meu login no site do HSBC UK por tentar me logar mais que 3 vezes usando uma senha errada. Então beleza, vou lá segunda feira e concerto toda cagada de uma vez só.